Srila Atulananda Acharya

não descuidar-se no caminho espiritual

Deixe um comentário

Quando avanças espiritualmente, maya não gosta de ver teu enriquecimento e estará planejando como roubar-te, como sequestrar-te, por isso tens que ser muito cuidadoso. Teu negócio já está prosperando, te dá lucro, mas os ladrões estão aí espreitando, por isso você tem que estar sempre pensando em como fazer para que não te roubem.

Como fazer para que não me distraia, para que não me desanime, para que não me invada o desânimo, a frustração. A humildade é fundamental, porque humildade também significa não aspirar por frutos muito grandes. Na realidade, humildade significa não aspirar por nenhum fruto, somente aspirar a cumprir com o dever. Isso é humildade. Isso é o conceito de escravidão divina.

Escravidão significa a troco e nada. Srila Prabhupada não veio a nos enganar, veio a formar uma escola de escravos, ou seja, de pessoas, de homens e mulheres que cumprem com seu dever, em troca de nada. No sentido que para mim não quero nada, só quero que meu guru esteja satisfeito. Só quero que Krsna esteja satisfeito. Ao diabo com minha satisfação, já que está cheia de ego, de luxúria e vaidade! Pelo contrário, corremos de nossa satisfação.

O mesmo Senhor Brahma esteve atraído por sua própria filha. Assim podemos ver que esse mundo é de temer, é tremendamente perigoso. Em qualquer momento podemos nos tornar uma pessoa mais degradada, mais abominável. O mesmo Senhor Brahma teve que mostrar isso para que fiquemos atentos, para que nos cuidemos. Isso é grave, deve-se tomar cuidado.

A cada passo há perigo, cuida-te. Para onde olhes, cuida-te. O que pensas, mantenha-te sempre alerta. Você não é uma pessoa comum, o yogui é uma pessoa que está sempre trabalhando em seu crescimento interior. O yogui é superior ao asceta, é superior ao grande erudito, superior ao karmi. É muito exitoso. Por isso, “seja um yogui!”, recomenda Krsna a Arjuna.

Somente devemos fazer nosso trabalho, e nossa tarefa fundamental é orar humildemente e cultivar a humildade e o desapego. Na realidade somente estamos correndo atrás de grandes coisas impossíveis, mas isto é dado por Krsna se lhe solicitamos.

Há muitos poderes místicos que se alcançam meditando no Senhor Supremo, mas a nós não interessa, só queremos sair de maya. Esse é um grande poder místico que Krsna nos quer dar agora, “Meu querido filho de Kunti, meu devoto não será seduzido pelos poderes de maya”. Nós queremos prema, o amor divino.

Para o mais baixo, Mahaprabhu é o mais alto. Podemos solicitá-lo, podemos implorá-lo, podemos pedir, podemos desejá-lo. Mas temos que trabalhar para isso. Se pedes sem ter trabalhando és um explorador, temos que merecê-lo. Srila Prabhupada disse, primeiro trabalho, depois samadhi. Se tens samadhi sem haver trabalhado, esse samadhi não vale, é um samadhi sahajiya, superficial, instável.

Alguns se extasiam muito rápido, e também muito rápido se vão. Algumas pessoas querem o benefício de imediato, mas a estratégia é: enquanto mais serves a Krsna em troca de nada, mais crescerá seu capital e mais rápido poderá ter a Krsna. Como diz o ditado: “Deve-se apertar os cintos”. Assim, que pratiquemos bhakti com os cintos apertados, sem esperar nada, sem nenhuma motivação pessoal. Aborreça o pessoal. Como disse Jesus Cristo, aborreça a ti mesmo. Aborreça seu quintal a parte, porque esta é uma grande família, a grande família universal no sambhanda do amor divino, a união, o vínculo. Então Srila Suta Goswami disse: “ahaituki”. Com o cinto apertado, ainda que haja muitos impedimentos, estou servindo, venho a trabalhar como um voluntário e mais acima me chegam problemas, muitas adversidades.

Esse espírito pode existir em nosso coração, o de sacrificar-se. Por que não o posso fazer por Krsna? Quando nossa vida será intolerável por não ter a Krsna? Srila Suta Goswami nos fala sem engano: Aproxime-se dessa escola, firme esse contrato. Essa empresa não se paga nada. Qual será meu trabalho? Teu trabalho será enfrentar um problema atrás do outro.

Há muitos problemas, mas “apratihata”, não há problema na realidade. Parece um problema, mas não é. Não esperes por nada e não te deixes abater pelos impedimentos. Qual será o resultado disso? Aí tua alma estará feliz! Não há que deixar-se desanimar pelos impedimentos, pelos problemas. Não nos deixemos desanimar. É o pedido de Srila Suta Goswami. Ele disse isso: “Não te esgotes, deves passar por cima do obstáculo”.

Em meio a um campo de batalha, onde estarão presentes todas as adversidades do mundo, Krsna disse a Arjuna: “Declara, oh filho de Kunti, que meu devoto não será vencido! E vou mostrar-te, agora vais a ver. Certamente, todos vão a morrer, menos você”. Deste modo, estás sendo treinado, preparado, enriquecido para vencer, para cruzar, para voltar a Krsna.

 

Srila Atulananda Acarya
Não descuidar-se no caminho espiritual.
02 de Outubro de 2013

Anúncios

Autor: anangaradha

biografia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s